Se o filme é bom ou não, saberemos quando Os Mercenários estrear nos cinemas.
 Mas o que não teve nada de legal foram as declarações maldosas de Stalllone ao falar de sua experiência filmando em nosso país.


Entre outras besteiras, Sylvester disse que “Gravar no Brasil foi bom, pois podemos matar pessoas, explodir tudo e eles (nós Brasileiros) dizem obrigado“.
A declaração foi dada no painel de divulgação do filme na Comic-Com  2010. Além da declaração infeliz, Stallone imitou a voz de um brasileiro com uma voz de caipira, dizendo: “…Obrigado, Obrigado e leve um macaco!…“. Não dá vontade de encher a cara dele de banana pra aprender a não falar besteira? Sobre o povo brasileiro, ele debochou dizendo que ficou feliz por “podemos ter explodido vários prédios, todos ficaram felizes e ainda trouxeram cachorros-quentes para aproveitar o fogo“.
Além das besteiras acima, o ator falou sobre seu descontentamento com nosso país, citando que necessitou 70 seguranças porque o Brasil era “perigoso” demais. 70 esses que nem perceberam a presença do IMPOSTOR do Pânico na TV. Até sobre o emblema do B.O.P.E. ele fez piada: “…Os policiais de lá usam camisetas com uma caveira, duas armas e uma adaga cravada no centro; já imaginou se os policiais de Los Angeles usassem isso? Já mostra o quão problemático é aquele lugar…“(Quero ver ele falar isso na cara do Capitão Nascimento?!). Não esquecendo os problemas de violência que sim, existem no Brasil, mesmo assim acho que nosso país merecia mais respeito da parte de um ator que demonstra ter um problema tão grave quanto à violência de nosso país: um preconceito que beira o nojo. Adoro”Sly”Mas qualquer tipo de preconceito tá por fora!!!