Depois de salvar o mundo por oito temporadas, o agente Jack Bauer vai poder finalmente “descansar”. Apenas um dia após o fim de LOST a série 24 HORAS chega ao fim.

“24 horas” estreou em 2001 com um conceito inovador de se contar uma história na televisão. Cada temporada do programa era dividida em 24 horas ficcionais, com cada episódio de uma hora representando uma hora de um dia. Um relógio na tela indicava o tempo que passava, acrescentando tensão ao programa.

A oitava e última temporada estreou nos Estados Unidos em janeiro, com Bauer – vivido por Kiefer Sutherland – se preparando para uma vida tranqüila. Mas, minutos depois, ele é levado de volta à ação pelo governo, que precisa de ajuda para desbaratar um plano para matar um importante mediador da paz no Oriente Médio.
O produtor executivo Howard Gordon falou à Entertainment Weekly sobre as pontas soltas da história – e como o final da série pode se conectar com o possível filme de Jack Bauer. E que os fãs de Bauer não devem contar com um final feliz tradicional para o herói. ”… Ele vai se encontrar em uma situação comprometedora moralmente, eticamente e emocionalmente…”. O programa é uma tragédia, então dar um final feliz para Jack não pareceria autêntico. O parágrafo abaixo contém o resumo do fim da série. Pule para o seguinte se quiser evitar os spoilers.

Não tem como negar que a 8ª temporada de 24 Horas foi sem dúvida nenhuma, uma das melhores de toda a série. Vários fatores ajudaram-na a alcançar esse posto. Primeiramente por se passar na cidade de Nova York. Segundo por causa do enredo, que foi, em minha opinião, um dos melhores construídos e desenvolvidos. Junto com a 5ª temporada, a 8ª está no topo das melhores. E terceiro, vários personagens antigos retornam e fazem uma temporada espetacular (Kim Bauer, Charles Logan, presidente Suvarov, Renee Walker).
A 8ª temporada resume-se no seguinte: Jack e família estão em Nova York, onde três presidentes, EUA, Rússia e Kamistão (país fictício), irão assinar o Acordo de Paz, no prédio da ONU. Jack decide voltar para Los Angeles e viver com sua filha Kim. Mas uma ameaça à vida do presidente Hassan, do Kamistão, faz com que ele ajude a CTU da cidade, onde Chloe está trabalhando. Uma arma radiológica é ameaçada de ser jogada em Manhattan por um grupo do Kamistão que não concorda com as decisões de Hassan. O atentado é evitado, mas Hassan acaba morto. Sua esposa assume seu lugar na presidência e o acordo continua em andamento. Descobre-se então que pessoas do governo russo estavam por trás da morte de Hassan. Pressionado pelo antigo presidente, Charles Logan, a presidente dos EUA, Alison Teylor, resolve abafar o caso para que o acordo de paz seja assinado. Mas Jack Bauer não concorda com sua decisão e corre contra o tempo para desmascará-los.Depois de batalhar – e infringir leis – por um acordo de paz com a República Islâmica, a presidente dos EUA Allison Taylor não assina o papel, sufocada pela culpa por ter ajudado a encobrir a conspiração contra o presidente Hassan. O ex-presidente Charles Logan tenta se matar, mas a série dá a entender que Logan permanece vivo. Enquanto isso, para impedir a tramóia da Rússia, Jack leva tiros, dá uma de Mike Tyson e come meia orelha de Jason Pillar, e é sequestrado por operativos secretos, e enfim fica de frente com a presidente – que conta a Jack que renunciará e confessará seus crimes. Taylor pede que Jack, então, que deixe o país para não ser caçado pelos russos e pela lei dos EUA. Jack agradece o auxílio prestado por Chloe ao longo da série .E sangrando, literalmente termina a série saindo pela direita. Assim, a porta fica aberta para a adaptação ao cinema. Gordon diz que a quantidade de personagens mortos ao longo da temporada não era o plano inicial :”-Não era o plano, mas tínhamos esse aspécto de tudo ou nada da última temporada, então nos sentimos livres para agir nos extremos. Só espero que as mortes nunca tenham sido gratuitas, histéricas ou sensacionalistas, mas justificadas pela história, e que o filme será uma continuação do fim da série”. E completa:
“…Definitivamente não será um prelúdio. O filme tem que obedecer ao que dita a série. Serei um dos produtores junto com Kiefer Sutherland, mas no momento ninguém sabe o que vai acontecer. Já temos uma versão do roteiro. E agora que a série acabou o filme pode seguir seu caminho. Sei que estou orgulhoso dessa última temporada…”.
No Brasil, o canal por assinatura Fox ainda está na metade da oitava temporada, e os episódios são exibidos às terças-feiras, às 23h. Assim, o capítulo final deve ir ao ar por aqui apenas no final de agosto. 24 Horas foi uma fantasia de ação e aventura, combinando perigos reais e presentes a uma trama tão bem amarrada que os telespectadores jamais se sentiam muito distantes do simples entretenimento.Ao final de oito temporadas, não sei se era hora de Jack Bauer partir. Mas a série se encerrou da maneira correta, deixando os telespectadores pedindo por mais!