Assalto é impedido por Super-heróis?

Deixe um comentário

Recentemente você acompanhou as façanhas do VIPER aqui, e agora você acompanha o homem aranha da vida real. Não é história em quadrinhos! Aconteceu mesmo! 

Veja como aconteceu:





Depois que o Homem-Aranha percebeu com seu sentido-aranha que o roubo estava acontecendo, o ladrão nem teve a chance de fugir, pois seria barrado por dois cavaleiros Jedi. Toda a ação foi observada de longe pelo Flash, que esperou para ver se precisaria sair correndo atrás do ladrão.


Foi no dia 29 de maio, em uma loja de histórias em quadrinho de Adelaide na Austrália. Funcionários estavam fantasiados de seus personagens favoritos por causa de uma promoção e acabaram evitando o roubo.
O dono da loja Michael Baulderstone, percebeu uma movimentação suspeita. No meio de alguns personagens, havia um cliente fantasiado de cliente: jeans e jaqueta. “…Nós tínhamos cercda de 40 pessoas fantasiadas em seus heróis favoritos, ele não teve outra opção a não ser devolver o exemplar de X-Men Omnibus depois de um leve embate…”, disse Michael.

Os outros clientes chegaram a achar que era uma encenação, mas quando Michael chamou a polícia todo mundo percebeu que o assunto era sério. A revista avaliada em R$ 270 foi devolvida e a polícia sem fantasia cuidou do caso.
Não acredita? Veja a abordagem do amigão da vizinhança:


kick-ass fail! Super-herói da vida real é preso em cidade norte-americana

Deixe um comentário

Nada de polícia, seguranças particulares ou armas. A justiça e a honra na cidade de Columbia respondia pelo nome de “Viper” (ou víbora). Sim, um super-herói!



A polícia encontrou o defensor dos fracos e oprimidos durante uma patrulha numa praça pública. Com ele foi encontrado um verdadeiro arsenal heróico, incluindo varas de plástico e estrelas ninja. Seu objetivo? Pesquisar os crimes e relatá-los à polícia. Víbora só foi preso porque é proibido andar em locais públicos vestindo máscara.
A polícia de Columbia não quis falar sobre o trabalho do Víbora, mas o tenente disse que a cidade já está bem protegida sem a ajuda do herói.
“Espero que ele esteja querendo fazer algo divertido e talvez querendo chamar um pouco de atenção”, disse o oficial.
Porém, para Víbora a história é bem diferente. Por telefone, ele disse que é uma questão de orgulho. Conforme relatou o site ksdk.com, ele disse à Columbia Daily Herald que é “apenas um cara tentando fazer o que é certo”. Víbora, que é estudante universitário e fã de histórias em quadrinhos ainda não teve sua identidade divulgada.
A bandidagem deve estar morrendo…………………de rir!!!