O Spyder III Pro Arctic foi considerado o laser mais perigoso já criado. Ele tem um feixe 1000 mais forte do que a luz solar e é tão poderoso que pode derreter a pele dos usuários, e também causar câncer.

Aliás, o laser é tão potente que pode ofuscar os pilotos de aeronaves que estão a vários quilômetros de distância.

“Este laser pode ser um dispositivo muito desagradável nas mãos erradas. Ele pode ser usado para causar cegueira num motorista e causar uma carnificina. E sob nenhuma circunstância eles deveriam estar à venda na internet”, disse John Colton, diretor da Lucid Optical Services ao The Sun.

Christine Heemskerk, da Trading Standards, disse: “Nós estamos seriamente preocupados com a venda desses produtos – que só deveriam ser vendidos para uso industrial”. “Extremamente perigoso é um eufemismo para o poder desse laser. O site diz que os grandes riscos estão nas queimaduras de pele e cegueira instantânea, mas são os usos alternativos, feitos pelos fãs de Star Wars como Sabre de Luz, que lideram a fila de acidentes. A Wicked Laser vende o SPYDER III acompanhado de um par de óculos de segurança, o que torna o produto marginalmente mais seguro. Mas só de escrever este post eu fiquei com medo o bastante para ficar o mais longe possível dessa coisa. Pelo menos umas semanas, até o SPYDER III chegar por aqui.

Anúncios